• Mordida errada

 

• Abertura excessiva da boca

 

• Habito noturno de ranger os dentes (bruxismo)

 

• Próteses mal ajustadas

 

• Desequilíbrio das estruturas dentarias devido à ausência de dentes

 

• Espasmos dos músculos da mandíbula causados por tensão ou por estresse

 

• Travamento dos dentes, associados a fatores psicossomáticos (ansiedade, estresse). Em uma minoria dos casos, poderemos ter o trauma em mandíbula associado ou como fator desencadeante

 

 

 

 

 

• Dores de cabeça (cefaleia) irradiadas ou não na região do pescoço e ombros

 

• Dores de ouvido, ouvido “tampado”ou com “zumbidos”

 

• Dores nas articulações da mandíbula, dificultando a abertura da boca

 

• Sensação de dormência no rosto

 

• Ruídos e/ou estalos ao abrir e fechar a boca

 

• Deficiência auditiva por períodos limitados de tempo.

 

 

Os distúrbios da ATM consistem no mau funcionamento da articulação, e apresenta um conjunto de sinais e de sintomas causados pelo desequilíbrio dentário, neuro muscular e das articulações da mandíbula. Também é conhecido como ‘’dor orofacial”, e pode afetar gravemente a vida do paciente, pois a dor intensifica os desequilíbrios hormonais, a irritabilidade e o estresse.

 

" Os ruídos ou estalos estão presentes na maioria dos casos, e são decorrentes da problemas sérios na articulação, dificultando a abertura da boca e podendo provocar até mesmo a ruptura dos ligamentos"

Disfunções

da ATM

Quais são os sintomas?